21:47 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    Avanço da pandemia de COVID-19 em meados de maio (112)
    0 81
    Nos siga no

    O governo da Índia aprovou um pacote de apoio à economia do país no valor de 20 trilhões de rúpias (US$ 266 bilhões ou cerca de 1,5 trilhão de reais) para mitigar os efeitos da pandemia de COVID-19.

    O pacote financeiro foi anunciado e transmitido nesta terça-feira (12) em um discurso pelo primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

    "As decisões mais recentes de nosso governo e do nosso Banco Central foram fundidas no anúncio de hoje de um pacote de assistência financeira de 20 trilhões de rúpias - quase 10% do PIB de nosso país. Esse apoio fortalecerá a economia de nosso país", disse Modi, citado pela Reuters.

    O primeiro-ministro especificou que os fundos serão direcionados principalmente para oferecer apoio aos trabalhadores da indústria e da agricultura, bem como à classe média do país.

    "Este pacote econômico é destinado aos trabalhadores, aos agricultores, que trabalham dia e noite em benefício de seus compatriotas em todas as situações e todas as estações do ano. Este pacote econômico também é projetado para os cidadãos de classe média do nosso país, que pagam seus impostos honestamente e contribuem para o desenvolvimento do nosso país", afirmou o político.

    Segundo mais variadas previsões, em função da pandemia de COVID-19, a Índia, pela primeira vez em 40 anos, entrará em recessão econômica.

    Modi acrescentou que as novas medidas de combate ao novo coronavírus do país serão anunciadas na segunda-feira que vem. Espera-se que o primeiro-ministro anuncie o levantamento de certas restrições enquanto o país busca retomar a atividade econômica.

    O Ministério da Saúde e Bem-Estar da Família indiano confirmou nesta terça-feira (12) 3.604 novos casos de COVID-19 nas últimas 24 horas, abaixo do recorde de 4.213 na segunda-feira. O número total de casos no país é de 70.756, com 2.293 mortes.

    Tema:
    Avanço da pandemia de COVID-19 em meados de maio (112)

    Mais:

    Como pessoas se comportarão pós-criação da vacina contra COVID-19?
    'Humanos não são manadas': OMS adverte sobre brutalidade do efeito rebanho na luta contra COVID-19
    Analista: economia brasileira não tem como se beneficiar de crise da COVID-19
    Tags:
    economia, Narendra Modi, Índia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar