11:06 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2020 (99)
    112
    Nos siga no

    A agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) reduziu de "positiva" para "estável" a perspectiva da nota da dívida pública brasileira.

    A decisão foi divulgada na noite desta segunda-feira (6) e ocorre quase quatro meses depois de a agência ter indicado que poderia subir a nota do país.

    Atualmente, a S&P concede nota BB- para o Brasil, três níveis abaixo do grau de investimento, garantia de que o país não corre risco de dar calote na dívida pública. A perspectiva positiva indica que a nota poderia ser elevada. A perspectiva estável significa que a agência não pretende mudar a nota do país nos próximos dois anos.

    A S&P calculou que o crescimento da economia será "severamente golpeado" pela crise da COVID-19 e calculou que o déficit fiscal do governo baterá os 12% do PIB em 2020, ante 6% em 2020. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

    Segundo o comunicado, existe um "aumento de incerteza em relação a capacidade de avançar na agenda de reformas estruturais uma vez que a pandemia se dissipe, dado o desentendimento contínuo entre os poderes Executivo e Legislativo".

    Tema:
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2020 (99)

    Mais:

    Governo perdeu timing para reagir aos efeitos da crise do coronavírus na economia?
    Que rumo irá tomar a economia mundial após a pandemia?
    Comissão da Câmara denuncia Bolsonaro à ONU e OMS por condução da pandemia da COVID-19
    Tags:
    economia, Brasil, rating, Standard & Poor's
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar