13:36 06 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    Coronavírus se espalha pelo mundo (498)
    370
    Nos siga no

    Com o futebol interrompido por causa da pandemia de coronavírus, os habituais boatos sobre as transferências cessaram e ninguém se importa muito com o clube que Neymar ou Paul Pogba defenderá na próxima temporada.

    Ninguém sabe quando será a próxima temporada, o tamanho do impacto financeiro nos clubes de futebol e, portanto, o efeito no mercado de transferências.

    Um estudo realizado pela KPMG nesta semana estimou que o cancelamento do restante desta temporada custaria aos clubes das cinco principais ligas da Europa até US$ 4,33 bilhões em receita perdida.

    O efeito indireto pode ser enorme, chegando a clubes menores em todo o mundo, informa a agência de notícias AFP.

    Afinal, olhe para um clube como o Mônaco, que faturou enormes quantias nos últimos anos ao vender jogadores como Kylian Mbappé, que foi vendido ao Paris Saint-Germain em 2018 por 180 milhões de euros. Eles investiram esse dinheiro em novos jogadores, ajudando a espalhar a riqueza.

    "Dada a situação internacional, os clubes estarão menos inclinados a pagar o tipo de quantia que procuramos", admitiu o vice-presidente do Mônaco, Oleg Petrov.

    No entanto, além de se preocupar com quem Mbappé, Neymar ou Pogba poderia assinar, há uma preocupação mais premente.

    Tema:
    Coronavírus se espalha pelo mundo (498)

    Mais:

    Oferta dos EUA para ajudar Irã a combater coronavírus é 'estranha', diz líder supremo
    Coronavírus: Espanha considera prorrogar estado de emergência por mais 15 dias
    Coronavírus: bancos alemães antecipam recessão econômica
    Descoberto novo sintoma para identificar o coronavírus
    Tags:
    economia, futebol
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar