08:44 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Os principais financiadores da Suíça estão considerando um programa de empréstimos de US$ 21 bilhões para ajudar pequenas empresas afetadas pelo surto de coronavírus.

    A informação foi revelada pela revista Handelszeitung, informa a agência de notícias Reuters. 

    Bancos como o Credit Suisse e o UBS, e possivelmente grandes financiadores locais, Zuercher Kantonalbank e Raiffeisen, estão discutindo um programa de empréstimos para pequenas e médias empresas que enfrentam escassez de liquidez.

    O executivo-chefe do Credit Suisse, Thomas Gottstein, está liderando a proposta, segundo a reportagem.

    O Credit Suisse informou no sábado que estava se comunicando ativamente com o governo suíço, o Banco Nacional Suíço e o supervisor financeiro FINMA para examinar as possibilidades de apoiar pequenas e médias empresas suíças por meio de liquidez e créditos.

    Zuercher Kantonalbank e Raiffeisen não responderam imediatamente aos pedidos de comentário. O UBS se recusou a comentar.

    O governo suíço disse na sexta-feira que disponibilizaria 10 bilhões de francos suíços em assistência imediata para apoiar as empresas atingidas pelo coronavírus, enquanto aumentava sua resposta à crescente pandemia.

    Mais:

    Banco Central do Brasil reduz previsão de crescimento da economia de 2,4% para 2,1% em 2020
    EUA já podem estar em recessão econômica, diz especialista
    Como queda do petróleo está afetando economia brasileira e internacional?
    Argentina reestrutura sua dívida em meio a medos de coronavírus afetando economia mundial
    Economista: PEC dos Fundos deve focar em investimentos, não em pagamento de dívida
    Tags:
    bancos, Suíça, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar