03:50 24 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    170
    Nos siga no

    Neste sábado (9), o ministro da Economia da China disse que todas as entidades do governo alocaram conjuntamente 71,85 bilhões de yuanes (R$ 44 bilhões) para combater a epidemia de coronavírus.

    O ministério alocará os fundos para garantir que os habitantes da China tenham acesso a diagnóstico e tratamento, de acordo com um comunicado divulgado no portal do ministério chinês, revela a agência Reuters.

    O comunicado informa que os fundos serão usados para garantir que os esforços para conter a propagação do vírus não se tornem um peso financeiro. A economia de regiões como Hubei, epicentro da infecção, tem sofrido com a quarentena imposta pelo governo central, que paralisou boa parte da atividade econômica regional.

    Uma parte relevante da produção industrial chinesa está justamente localizada nas regiões mais afetadas por casos positivos de coronavírus.

    A propagação do vírus pegou os mercados globais desprevenidos, comprometendo o ritmo de crescimento do gigante asiático, assim como seu apetite por hidrocarbonetos.

    Mais:

    Número de mortos por novo coronavírus sobe para 699 em província na China
    Economia global corre risco de recair na Grande Depressão, adverte FMI
    Coronavírus: preços por máscaras e luvas crescem mais de 20 vezes, alerta OMS
    Tags:
    coronavírus, China, economia, yuan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar