06:52 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    745
    Nos siga no

    Após a brusca queda na bolsa de valores da China, a moeda referência em criptografia bitcoin passou por um aumento nesta segunda-feira (3).

    Logo após a abertura dos mercados em Hong Kong, o bitcoin subiu para US$ 9,6 mil (R$ 40,9 mil), atingindo o maior valor desde outubro.

    Com essa alta de quase 40%, a moeda digital teve seu melhor início de ano desde 2012.

    As preocupações com a espiral de coronavírus têm impulsionado o bitcoin, que normalmente sobe quando os investidores estão apreensivos.

    As ações chinesas, que estavam fechadas desde 24 de janeiro, foram as que mais caíram desde 2015, quando retomaram as negociações na segunda-feira.

    Ativos digitais

    "Como a confiança em instituições e mercados globais continua se deteriorando, veremos ativos digitais altamente móveis como o bitcoin explodir em valor", disse Jehan Chu, o sócio-gerente da Kinetic Capital, empresa de consultoria e investimento em cadeia de blockchain, citado pela Bloomberg.

    Painel mostra a cotação das principais moedas digitais, inclusive do bitcoin (BTC), no canto superior esquerdo, na Coreia do Sul
    © AP Photo / Lee Jin-man
    Painel mostra a cotação das principais moedas digitais, inclusive do bitcoin (BTC), no canto superior esquerdo, na Coreia do Sul

    Segundo o chefe de desenvolvimento de negócios da Crypto Exchange Luno (de Singapura), Vijay Ayyar, o pico no bitcoin é indicativo de quão longe a maior moeda digital chegou desde que saiu de sua tendência de queda a longo prazo em dezembro.

    "Estamos vendo potencialmente uma onda final em bitcoin com a ação de alta atual após a quebra da tendência de baixa […] há apoio em torno de US$ 9.250", disse Ayyar.

    O número de mortos pelo coronavírus na China aumentou para 361, com mais de 17.000 pessoas infectadas.

    Mais:

    Alta de 9 mil por cento do bitcoin nesta década deixa céticos horrorizados
    Bitcoin em queda livre: criptomoeda tem pior cotação em 6 meses após nova ofensiva da China
    Especialistas encontram responsável pela queda súbita do preço do bitcoin
    Tags:
    setor financeiro, criptomoeda, bitcoin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar