05:13 21 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    9412
    Nos siga no

    Israel vai assinar um acordo com Grécia e Chipre para a construção de um gasoduto submarino que conectará Israel e a Grécia, e de lá irá para o resto da Europa, disse o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

    Israel está começando a explorar dois campos de gás que foram descobertos perto da costa do Mediterrâneo, e já foram assinados acordos de exportação com o Egito e a Jordânia.

    No início da reunião semanal do Conselho de Ministros neste domingo (29), Netanyahu informou que assinará um acordo histórico durante uma cúpula a ser realizada na próxima quinta-feira na capital grega, Atenas, entre si, o premiê grego Kyriakos Mitsotakis e o presidente cipriota, Nicos Anastasides.

    Na próxima quinta-feira, 2 de janeiro, irá se realizar a sétima cúpula desta natureza celebrada nos últimos anos, em que Israel tem se afastado da Turquia e se aproximado destes dois países do Mediterrâneo.

    "Na quinta-feira, realizaremos pela sétima vez, uma cúpula com a Grécia e Chipre. Nessa reunião vamos assinar um acordo histórico para a instalação de um gasoduto que vai gerar grandes receitas para os cidadãos israelenses. Israel está se tornando uma potência energética depois de anos em que estávamos dependentes das importações", salientou Netanyahu.

    Mais:

    Israel desenvolve sistema laser para abater drones e balões incendiários
    Brasil e Israel assinam acordo de combate à corrupção e crime organizado
    Tags:
    Europa, Benjamin Netanyahu, Mar Mediterrâneo, gasoduto, Chipre, Grécia, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar