17:42 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Nota de yuan ao lado de um teclado de computador, representando as mudanças tecnológicas empreendidas nas transações monetárias

    Moeda digital chinesa irá desencadear corrida tecnológica, diz Banco Central da China

    © REUTERS / Florence Lo
    Economia
    URL curta
    370
    Nos siga no

    O lançamento da moeda digital chinesa irá desencadear uma verdadeira corrida tecnológica entre os bancos comerciais do país. Aquele que for capaz de criar a melhor tecnologia para gerir a moeda, terá o mercado chinês nas mãos.

    A China se prepara para ser o primeiro país a lançar uma moeda digital para uso interno. O objetivo da moeda será substituir o dinheiro em papel, possibilitando maior velocidade nas transações.

    Assim como a Libra, moeda digital proposta recentemente pelo Facebook, e as demais criptomoedas disponíveis no mercado, o projeto chinês será baseado parcialmente na tecnologia blockchain.

    O Banco Central da China lançará o projeto em duas etapas: primeiro, disponibilizará a moeda para os bancos comerciais que, então, a repassarão para o público. O banco que for capaz de repassar o serviço aos cidadãos de maneira mais eficiente, tomará a dianteira e dominará o mercado.

    Durante um fórum realizado em Hong Kong, o diretor do Instituto de Pesquisa em Moedas Digitais do Banco Central da China, Mu Changchun, foi claro:

    "Durante o período de pesquisa e de lançamento [da moeda] adotaremos uma abordagem de 'corrida de cavalo'. O primeiro colocado vai dominar todo o mercado – aquele que for mais eficiente, que puder disponibilizar o melhor serviço para o público, poderá sobreviver no futuro", declarou Mu à Reuters.

    O diretor reiterou que o Banco Central é "tecnologicamente neutro", mas antecipou que a tecnologia usada pela instituição que tomar a dianteira "será a adotada pelas outras partes".

    O projeto chinês tem como objetivo prioritário substituir as moedas e o dinheiro em papel. Portanto, a posse da moeda digital não receberá juros e não terá nenhum impacto na política monetária ou no nível de inflação, notou Mu.

    Controle de Capitais e das transações domésticas

    Especialistas acreditam que o principal objetivo da moeda digital chinesa é, na verdade, o controle das transações domésticas e dos fluxos de capitais.

    Açogueiro chinês devolve troco em mercado de rua. O dinheiro em papel está com os dias contados na China
    © AP Photo / Ng Han Guan
    Açogueiro chinês devolve troco em mercado de rua. O dinheiro em papel está com os dias contados na China

    A possível emergência de um sistema global de pagamentos poderia facilitar o fluxo ilegal de moeda. Com o lançamento da moeda digital, o governo chinês poderá controlar as transações domésticas de maneira bastante abrangente.

    Reagindo ao projeto anunciado recentemente pelo Facebook de criar uma moeda digital chamada Libra, o diretor notou que, para países que adotam medidas de controle de capitais, como a China, essa criptomoeda seria "definitivamente uma ameaça à soberania monetária do país".

    Ele acrescentou que qualquer "moeda estável", isto é, moedas digitais com lastro em ativos ou divisas, teria que observar as regulações sobre moeda estrangeira para poder operar na China.

    Mais:

    EUA consideram retirar parte das tarifas contra a China
    EUA precisam de aliados para confrontar China, diz relatório
    China promete à UE que abrirá a sua economia para empresas estrangeiras
    Tags:
    blockchain, controle, Banco Central da China, Criptomoedas, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar