15:45 18 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    4130
    Nos siga no

    Rússia, Estados Unidos e Qatar liderarão o mercado mundial de gás em 10 anos, de acordo com o Centro Americano de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS).

    Em 2018, os principais exportadores mundiais de gás foram a Rússia, os EUA, o Qatar, a Noruega, a Austrália e o Canadá, responsáveis por cerca de 60% de todas as exportações globais.

    Destaca-se que a Rússia aumentará suas exportações de gás graças ao lançamento dos gasodutos Nord Stream 2 - para fornecimento de gás a países da União Europeia - e Sila Sibiri (Força da Sibéria) - para fornecimento de gás à China.

    A Rússia, em particular, triplicará as exportações de gás natural liquefeito (GNL), alcançando 68 bilhões de metros cúbicos exportados a outros países, lê-se na previsão do centro americano.

    Líderes no mercado mundial

    Prevê-se que Canadá, Noruega e Austrália se tornem grandes jogadores nos próximos 10 anos. No entanto, a Rússia, os Estados Unidos e o Qatar liderarão o mercado mundial, uma vez que está nos planos das três nações expandir a produção de gás natural liquefeito.

    Além disso, afirma-se que a China será a maior importadora mundial de gás natural liquefeito daqui a 10 anos, ultrapassando o Japão e todos os países da UE juntos.

    Mais:

    Gigante energética Gazprom tem muito interesse na cooperação com Brasil sobre GNL
    Petróleo a US$ 300: por que guerra entre Irã e EUA seria uma catástrofe para economia global?
    China importa petróleo do Irã, apesar das sanções dos EUA, e Washington não pode fazer nada
    Tags:
    Rússia, Qatar, EUA, mundial, mercado, gás
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar