11:58 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Arame farpado em frente à bandeira da União Europeia.

    Veto inesperado da Áustria pode atrasar acordo UE-Mercosul em 20 anos

    © REUTERS / Laszlo Balogh
    Economia
    URL curta
    7246
    Nos siga no

    O Parlamento da Áustria jogou um balde de água fria na expectativa da ratificação do acordo entre União Europeia e Mercosul com sua decisão de aprovar uma moção para que a iniciativa seja rejeitada.

    Com a decisão dos parlamentares austríacos, o governo local será obrigado a se opor ao acordo entre os dois blocos no Conselho Europeu. Como a aprovação depende da concordância unânime de todos os Parlamentos dos 28 Estados-membros do bloco, a decisão coloca em risco o projeto.

    Negociado por mais 20 anos, o acordo de livre comércio foi divulgado como trunfo político durante a cúpula do G20 no Japão.

    Para Carlo Barbieri, analista político e presidente da empresa de consultoria financeira Oxford Group, o veto da Áustria é inesperado.

    "Em termos de importância internacional, é relevante esse veto porque parte de um país que não estava na área interessada, como a Alemanha, ou na área que não tinha nenhum interesse, como a França", diz Barbieri à Sputnik Brasil.

    O analista afirma que países de "agricultura subsidiada", como França e Espanha, são opositores esperados ao projeto porque "não teriam condições de competir com os países do Mercosul e o Brasil em particular" na produção agrícola. Enquanto isso, a Alemanha e sua forte exportação de produtos manufaturados está no time favorável à ratificação do acordo.

    "Levou 20 anos para chegar a um acordo, talvez tome outros 20 anos para chegar a um consenso se haverá acordo ou não", diz o consultor. 

    Ainda de acordo com Barbieri, o efeito da letargia e da possível não aprovação do acordo entre Mercosul e União Europeia será uma aproximação dos países do bloco latino-americano, e do Brasil em particular, com os Estados Unidos. 

    Mais:

    Crise ambiental pode ser justificativa que contrários ao acordo Mercosul-UE precisavam, diz especialista
    Comissão Europeia: ratificação do acordo entre União Europeia e Mercosul depende das ações do Brasil
    Acordo de livre comércio com México pode violar regras do Mercosul?
    Brexit à moda brasileira? Especialistas analisam possível saída do Brasil do Mercosul
    Tags:
    União Europeia, Mercosul, Áustria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar