09:57 15 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados

    Proposta de criação da CPMF vai encontrar dificuldades de avançar, diz Maia

    © AP Photo / Eraldo Peres
    Economia
    URL curta
    303
    Nos siga no

    Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou na quarta (11) que a proposta da equipe econômica do governo Bolsonaro de criação de imposto sobre pagamentos, comparado à antiga CPMF, terá "dificuldade" de avançar na Câmara.

    "Eu não sou daqueles que quer dizer o que o governo deve ou não mandar para a Câmara. É um direito dele mandar uma proposta e a Câmara e o Senado decidir. Agora, de fato as reações hoje para mim foram muito contundentes da dificuldade da CPMF na Câmara dos Deputados", afirmou.

    Rodrigo Maia deu uma entrevista à imprensa após reunião com secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal nesta manhã em Brasília para discussão da reforma tributária.

    "Eu não acho, pelo o que vi na reação dos deputados, que superar a rejeição à CPMF seja uma coisa simples para o Brasil de hoje. Não sei daqui a 5 anos, mas para hoje, pelo o que eu vi do primeiro vice-presidente da Câmara, e de outros deputados, Marcos Pereira entre outros, eu acho muito difícil que a gente consiga avançar", declarou.

    O secretário-adjunto da Receita Federal, Marcelo de Sousa Silva, apresentou nesta terça-feira (10) as alíquotas em estudo pelo governo federal do imposto sobre pagamentos.

    De acordo com o secretário, cada saque e cada depósito em dinheiro deverá ser taxado com uma alíquota inicial de 0,40%. Cada operação de débito e de crédito deve ser submetida a uma alíquota de 0,20%.

    Mais:

    Comissão da Câmara aprova admissibilidade da proposta de reforma tributária
    Brasil ainda segue com perspectiva de PIB per capita em redução, diz economista
    Dúvida para Bolsonaro, 'Teto de Gastos' trava crescimento do PIB, diz economista
    Maia marca 2º turno da votação da Reforma da Previdência para próxima semana
    Rodrigo Maia defende que fundos da Petrobras sejam usados no combate aos incêndios na Amazônia
    Tags:
    impostos, CPMF, Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar