00:54 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Árvores queimadas durante os incêndios florestais na Amazônia

    Grupo H&M anuncia suspensão de compra de couro do Brasil por queimadas na Amazônia

    © REUTERS / Bruno Kelly
    Economia
    URL curta
    8162
    Nos siga no

    O grupo sueco varejista de moda H&M anunciou nesta quinta-feira (5) a suspensão de compras de couro brasileiro em razão do aumento do número de queimadas na Amazônia.

    "Devido aos graves incêndios na parte brasileira da floresta amazônica e às conexões com a produção de gado, decidimos proibir temporariamente o couro do Brasil", anunciou a empresa em um comunicado, segundo publicou a agência Reuters.

    Ainda de acordo com o grupo sueco, "a proibição permanecerá ativa até que existam sistemas de garantia críveis para verificar se o couro não contribui para danos ambientais na Amazônia".

    Um porta-voz da empresa explicou que a maior parte do couro utilizado pela H&M é proveniente da Europa, enquanto uma menor parte é importada do Brasil. 

    No final do mês passado, a VF Corp, proprietária das marcas Vans, Timberland e Eastpak, anunciou que também deixaria de comprar o couro brasileiro temporariamente pelas mesmas razões. Além disso, a Comissão Europeia afirmou que a ratificação do acordo econômico entre o Mercosul e a União Europeia depende de ações para controlar o fogo na floresta. 

    Desde que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) indicou um aumento de 82% (71.497) nos focos de incêndio na Amazônia entre 1° de janeiro até 18 de agosto, em comparação com o mesmo período do ano passado, o Brasil e o governo de Jair Bolsonaro sofrem intensa pressão internacional. O governo, no entanto, alega que há interesse em prejudicar o país e atacar a soberania brasileira sobre a região. 

    Mais:

    Trump discute Amazônia com Eduardo Bolsonaro e chanceler Ernesto Araújo
    'Fascismo' do governo Bolsonaro é culpado pelos incêndios na Amazônia, afirma Maduro
    Para 66% dos brasileiros, país deve aceitar auxílio financeiro estrangeiro contra incêndios na Amazônia
    Floresta Chaco: 2º 'pulmão' da América do Sul está tão ameaçado quanto Amazônia
    Amazônia: pesadelo geopolítico ou questão de soberania?
    Tags:
    economia, incêndio, queimadas, Floresta Amazônica, Amazônia, H&M
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar