21:31 15 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Tesouro dos EUA

    Desdolarização se acelera: Rússia continua reduzindo investimentos em títulos do Tesouro dos EUA

    CC BY 2.0 / Kurtis Garbutt / US Treasury
    Economia
    URL curta
    6191

    Em meio a sua política de desdolarização, em abril de 2019 o Banco Central russo se livrou de títulos da dívida pública dos EUA no valor de 1,6 bilhão de dólares, reduzindo seus investimentos nesse ativo em cerca de 87% em apenas um ano.

    Em abril de 2019, a Rússia reduziu seus investimentos em títulos do Tesouro dos EUA no valor de quase 1,6 bilhão de dólares (R$ 6,2 bilhões), segundo os dados publicados pelo Departamento do Tesouro dos EUA.

    Nesse mês, os títulos em posse da Rússia diminuíram de 13,72 bilhões de dólares (R$ 53,35 bilhões) para 12,14 bilhões de dólares (R$ 47,21 bilhões). A lista dos 30 maiores detentores de dívida pública publicada pelo Departamento do Tesouro dos EUA já não inclui a Rússia.

    Nos últimos 12 meses (de abril de 2018 a abril de 2019), a Rússia vendeu cerca de 87% dos seus títulos do Tesouro dos EUA. O valor dos títulos vendidos atinge 84 bilhões de dólares (R$ 327 bilhões).

    A China continua sendo o líder do ranking, possuindo títulos no valor de 1,13 trilhão de dólares (R$ 4,5 trilhões). O Japão fica no segundo lugar, com 1,06 trilhão (R$ 3,8 trilhões). O Brasil ocupa o terceiro lugar, com títulos no valor de 306,7 bilhões de dólares (R$ 1,2 trilhão).

    Mais:

    Aniquilação do dólar? Rússia estuda criação de criptomoeda respaldada em ouro
    Por que aliados mais próximos dos EUA estão tentando minar hegemonia do dólar?
    Tags:
    EUA, Rússia, desdolarização, Departamento do Tesouro, ouro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar