09:39 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Um migrante em Tijuana, México, pula a fronteira para entrar na cidade americana de San Diego, na Califórnia (arquivo)

    EUA anunciam tarifas de 5% sobre produtos mexicanos

    © AP Photo / Daniel Ochoa de Olza
    Economia
    URL curta
    615

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira a imposição de uma tarifa básica de 5% sobre as importações mexicanas, a fim de pressionar o México a reprimir os refugiados centro-americanos que passam pelo país com destino aos EUA.

    A declaração oficial era esperada nesta sexta-feira, segundo o Washington Post, observando que alguns assessores da Casa Branca tentavam convencer o líder norte-americano a desistir da ideia, citando riscos aos mercados financeiros internacionais e até mesmo ao acordo comercial entre os dois países e o Canadá.

    No entanto, Trump parece ter decidido não atender a esses pedidos:

    ​"No dia 10 de junho, os Estados Unidos irão impor uma tarifa de 5% sobre todos os bens que entram em nosso país a partir do México, até que os migrantes ilegais vindos do México para o nosso país sejam parados. A Tarifa aumentará gradualmente até que o problema da imigração ilegal seja remediado", afirmou o presidente dos EUA.

    Em um documento divulgado mais tarde pela Casa Branca, Trump observou que as tarifas dobrarão para 10% em 1º de julho, e, depois, aumentarão outros 5% no início de cada mês subseqüente até que cheguem a 25%.

    Mais:

    EUA vão retirar tarifas de aço e alumínio de Canadá e México
    Trump endurece discurso e Pentágono envia mais tropas para fronteira com o México
    Trump: EUA estão enviando soldados armados para fronteira com México
    EUA detêm mais de 100 mil imigrantes na fronteira com México em um mês
    Tags:
    imigração, importação, comércio, taxação, tarifas, Washington Post, Casa Branca, Donald Trump, Washington, eua, México, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar