14:12 23 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Barras de ouro (imagem de arquivo)

    Rússia se torna maior comprador de ouro no 1º trimestre de 2019

    © Sputnik / Valery Titievsky
    Economia
    URL curta
    7341

    No primeiro trimestre de 2019 o Banco Central da Rússia comprou mais ouro do que qualquer outro país, em sua tentativa de reduzir a dependência do dólar estadunidense, informou o Conselho Mundial do Ouro (WGC, na sigla em inglês).

    "A Rússia foi novamente o maior comprador, adquirindo 55,3 toneladas no primeiro trimestre. O volume total de reservas de ouro no país é de 2.168 toneladas (19% das reservas totais)", revelou o relatório da organização.

    Pelo quarto ano consecutivo, a Rússia aumentou suas reservas com mais 200 toneladas "no âmbito de sua campanha de desdolarização", se sublinha no documento.

    A China também está entre os maiores compradores do metal precioso, tendo adquirido 33 toneladas de ouro no primeiro trimestre.

    Os países aumentaram suas reservas deste metal em 145,5 toneladas no primeiro trimestre, 68% a mais que no mesmo período de 2018.

    Segundo especialistas, as perspectivas de desaceleração da economia global (o FMI revisou para baixo a previsão da taxa de crescimento global para 2019 e 2020) contribuem para o aumento da demanda por ouro, que serve como um ativo seguro.

    É de esperar que o preço do ouro continue crescendo, porque a emissão descontrolada de dinheiro ameaça cada vez mais a estabilidade da economia global, impulsionando assim os preços dos ativos reais.

    Mais:

    Elegância e beleza de sobra: final do Miss Rússia 2019 fecha cerimônia com chave de ouro
    Regresso ao padrão ouro: será que sistema monetário existente terminará em breve?
    Tags:
    Banco Central da Rússia, dólares, ouro, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar