16:07 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Notas de euro, dólares americanos e de Hong Kong, libras e yuan chinês

    Confira vencedora do concurso da 'melhor nova cédula do mundo' (FOTO)

    © REUTERS / Jason Lee
    Economia
    URL curta
    270

    A Sociedade Internacional de Notas Bancárias (IBNS, na sigla em inglês) organiza anualmente uma competição para nomear a melhor nova cédula do mundo, e já até anunciou a de 2018. Detalhe, uma cédula russa entrou para o Top 5.

    A vencedora de 2018 é uma cédula de 10 dólares canadenses com imagem da empresária Viola Desmond, que desempenhou um papel importantíssimo na luta contra a segregação racial no Canadá.

    Cédula de 10 dólares canadenses com imagem da empresária Viola Desmond
    Cédula de 10 dólares canadenses com imagem da empresária Viola Desmond

    O segundo lugar foi assumido pela nota suíça de 200 francos. A cédula de 500 coroas norueguesas ficou em terceiro lugar. A quarta posição foi ocupada pela cédula de 100 rublos russos, e no quinto lugar entrou a cédula de 40 dólares das Ilhas Salomão.

    Cédula de 100 rublos russos lançada em homenagem à Copa do Mundo de Futebol de 2018
    © Sputnik / Kirill Kallinikov
    Cédula de 100 rublos russos lançada em homenagem à Copa do Mundo de Futebol de 2018

    Na frente da cédula de 100 rublos russos há um menino com uma bola de futebol e o lendário goleiro Lev Yashin, dando um salto. Na parte de trás é desenhada uma bola, que simboliza o globo. Nele se destaca o contorno da Rússia.

    Em 2018, mais de 150 novas cédulas foram emitidas por todo o mundo, mas apenas 10% delas contavam com design novo. O site do concurso esclarece que, para participar, a nota deve possuir um design artístico e ser feita de materiais de ponta.

    Mais:

    Conheça cédula mais bonita do mundo (FOTO)
    Governo indiano nega contratação de firma chinesa para imprimir notas de rupia
    Notícia falsa: notas com carimbo de 'Lula livre' continuam válidas
    Tags:
    vencedor, internacional, concurso, notas, Canadá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar