23:32 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Bitcoin e uma nota de dólar, imagem ilustrativa

    Novo método de investir em bitcoin promete lucros, mas cuidado com armadilhas

    © Sputnik / Evgeny Biyatov
    Economia
    URL curta
    0 40

    Investidores não profissionais fazem fila para participar do mercado das criptomoedas. A empresa BlockFi começou a oferecer uma taxa de juro anual de 6,2% para os depósitos abertos em moedas digitais como bitcoin e ether. Descubra onde estão as armadilhas desse método de investimento!

    Desde o dia 5 de março, BlockFi conseguiu atrair cerca de 10.000 consumidores com esse novo método de investimento, 90% deles são investidores não professionais. Como resultado, a empresa acumulou mais de 35 milhões de dólares em depósitos. 

    "Esperamos que a taxa de juros seja mais alta quando os preços caírem e caia quando os preços estiverem em alta dado que a psicologia do mercado empurra parcialmente a demanda por empréstimos em forma de bitcoins", explicou o diretor-executivo da BlockFi em entrevista à agência Bloomberg.

    Entretanto, há especialistas que criticam a BlockFi. Segundo eles, os termos e as condições do novo serviço financeiro preveem que a empresa determine a taxa de juros mensalmente em sua direção. Uma revisão superficial do site da BlockFi mostrou que a publicidade não é necessariamente o que a empresa garante.

    Mais um problema das contas BlockFi reside no fato de que os depósitos na empresa gozam de pouca proteção em contraste com depósitos abertos em bancos tradicionais.

    Além disso, BlockFi depende do mercado das criptodivisas, que é instável. Por exemplo, bitcoin se desvalorizou 70% em 2018. Como consequência, é possível deduzir que a taxa de juros proposta pela BlockFi é tão valiosa como o preço do bitcoin ou ether no dia de seu pagamento.

    Mais:

    Bitcoin está em coma: o que acontecerá com valor da criptomoeda no futuro próximo?
    Bitcoin parece a bolha de 2000, mas colapso virá 15 vezes mais rápido, diz banco dos EUA
    Tags:
    banco, finanças, criptomoedas, bancos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar