14:37 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Cédulas de dólar e yuan

    Proeminente banqueiro revela que moeda poderia pôr fim à hegemonia do dólar

    © REUTERS / Jason Lee
    Economia
    URL curta
    4150
    Nos siga no

    O presidente do Banco da Inglaterra, Mark Carney, revelou que moeda poderia se tornar uma moeda de reserva no futuro e substituir o dólar dos EUA como moeda de reserva global.

    Segundo ele, o yuan chinês pode potencialmente se tornar uma moeda de reserva global junto com o dólar dos EUA, entretanto, essas mudanças tendem a ser mais muito mais lentas do que as mudanças na dimensão das economias dos dois países.

    "Enquanto o mundo se reordena, essa desconexão entre o real e o financeiro provavelmente vai reduzir-se, e no processo poderiam surgir outras moedas de reserva. Em primeiro lugar, acredito que essas seriam moedas nacionais já existentes, como o yuan", disse Craney em 9 de janeiro durante um fórum online organizado pelo do Banco da Inglaterra, citado pela agência Reuters.

    O dólar dos EUA continua sendo a moeda mais usada no mundo. O uso do dólar facilita a valorização dos contratos e o comércio internacional em geral.

    Entretanto, nos últimos anos cada vez mais países discutem o abandono do dólar nas transações internacionais, enquanto a política comercial agressiva do presidente dos EUA Donald Trump tornou o dólar norte-americano menos adequado para pagamentos internacionais.

    A China aumentou a participação do yuan na hora de negociar com os principais parceiros comerciais, em particular com a Rússia e o Irã, que se encontram sob sanções norte-americanas. Além disso, em março de 2018 Pequim lançou contratos futuros de petróleo cotados em yuan. O terceiro maior produtor de petróleo da OPEP, o Irã, já vende seu petróleo à China por yuans.

    Mais:

    Abram caminho para rublo e yuan: China e Rússia planejam evitar SWIFT
    Tags:
    dólar, China, EUA, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar