07:00 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Moeda russa, rublo, fotografada de frente para a Catedral de São Basílio no centro de Moscou

    Rússia continuará aumentando transações em moedas nacionais

    © AFP 2018 / ALEXANDER NEMENOV
    Economia
    URL curta
    0 100

    A Rússia continuará aumentando as transações em moedas nacionais, levando em conta o fato de os EUA fazerem tudo para minar a confiança no dólar, declarou o primeiro-ministro russo Dmitry Medvedev.

    Em entrevista a canais de TV russos nesta quinta-feira (6), respondendo a uma pergunta sobre o processo de desdolarização, o primeiro-ministro russo assinalou que isso não significa a renúncia ao dólar. Ele explicou que é necessário realizar a desdolarização "simplesmente porque devemos nos orientar para a nossa moeda, é uma questão utilitária".

    "É mais lucrativo para nós pagar em rublos, é mais vantajoso estabelecer relações com outros países em rublos: efetuar pagamentos com a China em rublos e yuans, nós estamos sempre falando sobre isso com eles, com a Índia — em rupias e rublos, respetivamente, com outros países — em moedas nacionais e rublos", disse Medvedev.

    Segundo o primeiro-ministro russo, é normal que a Rússia continue seguindo esse rumo, não há nada de mal nisso. "Tanto mais que os nossos colegas do outro lado do oceano, falo das autoridades norte-americanas, fazem tudo para minar a confiança no dólar", assinalou Medvedev.

    Mais:

    Plano da UE para desafiar domínio do dólar não funcionará sem Rússia, afirma economista
    Dias contados: dólar deve cair 30% devido ao 'triplo déficit dos EUA'
    Desdolarização a todo vapor: como Rússia 'obriga' Europa a desistir da moeda americana
    Início do fim? Dólar estadunidense sofre queda drástica
    Tags:
    desdolarização, dólar, moeda nacional, vantagens, rublo, Dmitry Medvedev, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik