05:45 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Grupo JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista

    JBS sobrevive bem à crise e família Batista está R$2,5 bi mais rica

    © AP Photo/ Eraldo Peres
    Economia
    URL curta
    422

    Mesmo com os irmãos Batista afastados e envolvido em investigações sobre corrupção, o grupo JBS continua a crescer.

    A JBS é um dos maiores produtores de carne bovina do mundo. No entanto, a reputação do grupo sofreu pelo menos dois abalos nos últimos dois anos. Em março do ano passado JBS foi investigada no âmbito da Operação Carne Fraca, que apurou pagamento de propinas ao ministério da Agricultura. Além disso, Joesley Batista e seu irmão Wesley, que controlavam o grupo, ficaram presos, deixaram o comando da empresa, e uma gravação com o presidente Michel Temer foi vazada.

    Apesar disso, o valor da empresa hoje em dia é de R$ 32 bilhões, ou seja, 23% maior que em 17 de maio de 2017, data da publicação das gravações, avaliou um artigo do Estadão, publicado nos principais jornais brasileiros neste domingo.

    Já as ações que pertencem aos Batistas, que por sua vez são donos de 40,6% da JBS, hoje valem R$ 13 bilhões. 

    O grupo conseguiu "blindar" suas atividades e vendeu bem os seus ativos para pagamento ou rolagem de dívidas. Além disso, José Batista Sobrinho, fundador da JBS e pai de Joesley e Wesley, assumiu o leme da empresa mais uma vez, com apoio dos netos, Wesley Batista Filho e Aguinaldo Gomes Ramos. Dessa forma, a família conseguiu manter em suas mãos o controle acionário e não precisou vender participação no grupo. Com os negócios estabilizados, a companhia já está fazendo planos para retomar aquisições e abrir o capital da JBS nos Estados Unidos. 

    O faturamento do grupo no ano passado foi de R$ 163,2 bilhões. Este ano, analistas estão prevendo que a receita da JBS será de R$ 200 bilhões.

    Mais:

    Quase réu no STF, Aécio admite ter sido 'ingênuo', mas nega propina da JBS
    Sem panetone: irmãos da JBS não receberam comida de Natal na prisão
    STJ manda soltar Joesley Batista e 3 executivos da J&F
    Wesley Batista é hostilizado em churrascaria em SP
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik