01:48 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Bolsa de valores de Nova York (foto de arquivo)

    China e queda de preço do petróleo fazem bolsa de Nova York cair mais uma vez

    © AP Photo / Richard Drew
    Economia
    URL curta
    4140

    Bolsa de Nova York volta a cair devido aos fracos índices econômicos chineses e à queda do preço do petróleo.

    Ambos os fatores estão gerando uma grande preocupação sobre o crescimento mundial, perante uma situação em que a bolsa de Nova York caiu mais de 1,0 por cento, gerando pela primeira vez desde março uma queda bruta do preço do petróleo, sendo vendido por $ 60 o barril, conforme a Reuters.

    Segundo os últimos índices disponibilizados, o Dow Jones perdeu 0,77% ficando nos 25.989 pontos. O S&P caiu 0,92% para os 2.781 pontos. O Nasdaq Composite teve uma queda de 1,65% e ficou nos 7.406 pontos.

    Segundo Jerome Powell, presidente da Reserva Federal dos EUA, há expectativas de que a autoridade monetária endureça as decisões das próximas reuniões sobre taxas de juros. Isso seria pelo motivo de que os preços dos insumos aumentaram mais rapidamente do que os economistas esperavam, o que estaria elevando o risco de inflação.

    Entretanto, o que realmente está assustando o mercado é o petróleo. Segundo Chris Zaccarelli, chefe de investimentos da Independent Advisor Alliance, "o petróleo está assustando o mercado, se os preços do petróleo caírem, isso significa que a economia global vai desacelerar seu crescimento".

    Na China, o congelamento da demanda interna e da atividade manufatureira estão provocando a queda da inflação para os produtores chineses. Isso vem ocorrendo durante os últimos quatro meses, período em que a China disputa uma intensa guerra comercial com os EUA.

    Enquanto isso, os indicadores da economia americana continuam sendo monitorados, visando encontrar pistas sobre o volume de aperto a ser empregado pelo Fed, após o banco central reiterar que pretende continuar com o processo de elevação gradual das taxas de juros.

    Mais:

    Trump: Isenções a sanções contra o Irã ajudam a controlar preço do petróleo
    Irã responde às sanções dos EUA com venda de petróleo na bolsa de valores
    Estratégia americana sobre petróleo poderia impactar fortemente economia do país
    Tags:
    índices, bolsa de valores, economia mundial, economia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik