02:09 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Equipes especiais fazem limpeza na praia depois de vazamento de petróleo, Refugio State Beach, Califórnia

    Derramamento de petróleo 'silencioso' ameaça se tornar pior desastre dos EUA

    © AP Photo/ Michael A. Mariant
    Economia
    URL curta
    2115

    Esse derramamento de petróleo no golfo do México pode vir a ter consequências mais graves que o desastre ambiental de 2010 em uma plataforma da empresa petrolífera BP.

    Nos últimos 14 anos, centenas de barris de petróleo foram "silenciosamente" derramados no golfo do México, e agora esta catástrofe ambiental está prestes a se tornar uma das piores da história dos EUA, informou o jornal The Washington Post.

    Em 2004, o furacão Ivan derrubou uma plataforma de petróleo e enterrou vários poços da empresa petrolífera norte-americana Taylor Energy, na costa do estado de Luisiana. Muitos dos poços afetados não foram fechados e, desde então, entre 300 e 700 barris de petróleo vazaram diariamente para o mar.

    Sem solução à vista, esse vazamento ameaça ser mais grave que o desastre ambiental causado em 2010 na mesma região pela plataforma Deepwater Horizon, operada pela British Petroleum, e que é considerado o maior derramamento de petróleo da história dos EUA, advertiu o jornal.

    Segundo The Washington Post, o vazamento da Taylor Energy é em grande parte desconhecido devido aos esforços da empresa para mantê-lo em segredo. A empresa insistiu que não há evidências de que o petróleo esteja vazando para o mar.

    Mais:

    Kuwait deixa de exportar petróleo bruto para os EUA pela 1ª vez em mais de duas décadas
    Ministro russo: Acordo da OPEP leva corte de produção de petróleo a 129% em agosto
    Tags:
    catástrofe, petróleo, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik