17:24 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Produção de petróleo

    Volume sem precedentes de petróleo iraniano desafia sanções e chega à China

    © AP Photo / Hasan Jamali
    Economia
    URL curta
    20592

    Um volume de petróleo iraniano sem precedentes vai chegar ao porto chinês de Dalian neste mês e no início de novembro, informou uma fonte iraniana citada pela Reuters.

    O petróleo deve chegar à China antes de as sanções dos EUA contra o Irã entrarem em vigor.

    Uma fonte na Companhia Nacional Iraniana de Petróleo informou que mais de 20 milhões de barris de petróleo estão sendo enviados a Dalian.

    "Como nossos líderes disseram, será impossível impedir que o Irã venda seu petróleo. Temos várias formas de vendê-lo e quando os navios-tanque chegarem a Dalian, decidiremos se o vendemos a outros compradores ou à China", afirmou a fonte à Reuters.

    Até agora, espera-se que um total de 22 milhões de barris de petróleo iraniano transportados em navios-tanque cheguem a Dalian entre outubro e novembro. Dalian normalmente recebe entre um e três milhões de barris de petróleo iraniano cada mês, segundo dados de janeiro de 2015.

    O Irã é o terceiro maior produtor da OPEP. De momento, o número de compradores do petróleo iraniano está baixando devido à ameaça de sanções dos EUA contra suas exportações de petróleo, que entrarão em vigor em 4 de novembro. Teerã já armazenou petróleo em Dalian durante a última rodada de sanções em 2014. O combustível foi vendido à Coreia do Sul e à Índia. Algumas das maiores refinarias e instalações comerciais de armazenamento de petróleo chinesas estão localizadas em Dalian.

    Mais:

    Pompeo: EUA devem dar aos sauditas mais dias para investigar desaparecimento de jornalista
    Tags:
    petróleo, sanções, exportação, China, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik