11:31 18 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Temer durante jantar com Embaixadores em uma churrascaria de Brasília neste domingo (19).

    IBGE: PIB do Brasil avança 0,2% no trimestre

    Beto Barata/PR
    Economia
    URL curta
    240

    O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (31) um novo balanço com os dados do PIB brasileiro, apontando ligeira alta de 0,2% no 2º trimestre, em relação ao período anterior.

    O IBGE enfatiza em sua nota que a variação positiva foi a sexta consecutiva, seguindo-se a 8 variações negativas do PIB.

    Enquanto a Indústria registrou queda de 0,6%, a Agropecuária manteve-se estável, sem variação. Cresceram os setores de Consumo das Famílias, 0,1%, Serviços, 0,3%, e Consumo do Governo, 0,5%.

    Em relação ao mesmo período de 2017, o PIB cresceu 1%, diz o Instituto. A alta acumulada em 2018 é de crescimento de 1,1%.

    Desemprego

    Na quinta-feira (30), o IBGE divulgou os números do desemprego no país, apresentando também uma variação ligeira, no entanto, de queda. Os dados apontam uma taxa de 12,3% de desempregados no país, uma queda de 0,6% em relação ao trimestre anterior. São 12,9 milhões de pessoas sem emprego.

    O mesmo comunicado do IBGE também aponta taxa de subutilização de 24,6%, ou 27,5 milhões de pessoas, que soma os desempregados e os que não conseguem trabalhar mais que 40 horas semanais mas procuram esse tipo de trabalho. Também entram na conta a força de trabalho potencial. Os desalentados, que desistiram de procurar emprego, são 4,4%.

    Mais:

    'Aposentadoria relativa': Temer fala sobre fim da presidência
    Temer diz que Brasil pode limitar entrada de venezuelanos
    Temer decreta uso das Forças Armadas para conter crise migratória em Roraima
    Nas mãos de Temer: aumento do judiciário é avaliado pessoalmente por presidente
    Economista: candidatos a presidente querem que privatizações sejam feitas, mas por Temer
    Tags:
    desemprego, PIB, IBGE, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik