22:36 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Extração de petróleo

    Irã arranja forma de contornar as sanções de Washington

    CC0 / Pixabay
    Economia
    URL curta
    2231

    As autoridades do Irã planejam fornecer petróleo através de empresas privadas para evitar as sanções impostas pelos EUA, declarou o primeiro vice-presidente do país, Eshaq Yahanguiri.

    O político iraniano qualificou de "guerra psicológica" os planos dos EUA de reduzir a zero as importações de petróleo iraniano por parte das empresas estadunidenses até novembro. Ao mesmo tempo, sublinhou que, se algum país tentar substituir o Irã no mercado, se converterá em "traidor do Irã e de toda a comunidade internacional'.

    Em entrevista à agência Mehr, Yahanguiri explicou que "examinamos o problema com nossos aliados e encontraremos nosso próprio caminho para fornecer petróleo. O petróleo iraniano vai estar disponível na bolsa interna, de modo que o setor privado poderá comprá-lo e exportá-lo sem problemas". Para fazer isso as autoridades precisam da ajuda dos atores políticos e econômicos, bem como das elites iranianas. 

    Yahanguiri, que também é ex-ministro da Indústria e Minas do Irã, destacou que atualmente cerca de 60.000 barris de petróleo já estão disponíveis na bolsa e acrescentou que esse projeto foi elaborado pelas autoridades iranianas e o Ministério do Petróleo.

    Hoje, pelo menos 24 pessoas físicas e 10 empresários iranianos se encontram na lista negra dos EUA, enquanto as organizações norte-americanas estão proibidas de adquirir petróleo iraniano.

    Mais:

    Chanceler do Irã diz que EUA tentam 'destruir' acordo nuclear
    Irã critica planos dos EUA de 'redesenhar' fronteiras do Oriente Médio
    Cristiano Ronaldo é o cara em dia de empate ibérico e vitórias de Uruguai e Irã
    Tags:
    sanções, petróleo, Donald Trump, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik