10:47 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Ex-campeão japonês de decatlo, So Takei, levantando 700 milhões de ienes

    Qual divisa ganha com escalada de tensões entre Pequim e Washington?

    © AFP 2018/ YOSHIKAZU TSUNO
    Economia
    URL curta
    570

    A fase ruim do setor tecnológico e os receios de uma possível guerra comercial entre os EUA e a China incentivaram a demanda das denominadas divisas de refúgio seguro, como o iene japonês, nos mercados internacionais, comunica a agência Reuters.

    Desta maneira, a moeda nacional do Japão registrou crescimento, já que os mercados asiáticos seguiram uma tendência global de venda do iene, causada pelas preocupações dos investidores em meio à escalada de tensões comerciais entre Pequim e Washington.

    No entanto, o índice Nikkei, um dos índices de ações principais do Japão, caiu 1,1%, enquanto o índice KOSPI da Coreia do Sul caiu cerca de 1%, informa a Reuters.

    Depois de a China ter introduzido oficialmente tarifas a uma série de produtos importados dos EUA, o índice Standard & Poor's foi reduzido 2,25%, o Dow Jones caiu 2,9% e o índice composto do Nasdaq, em que cotam as principais empresas tecnológicas, perdeu 2,74%. Alguns "gigantes" sofreram desvalorização de mais de 5%.

    Em 1º de abril, a China anunciou que vai introduzir novas tarifas sobre 128 produtos americanos a partir de 2 de abril em resposta às tarifas estabelecidas por Washington para o aço e alumínio chinês.

    Mais:

    Fim de concessões: analista prevê pioras nas relações econômicas entre Pequim e Washington
    Surpresa chinesa: a que se deve forte crescimento do yuan ante o dólar americano?
    Guerra comercial: China pressiona EUA a anular tarifas sobre aço e alumínio
    Tags:
    índice, tensões, tarifas, yuan, iene, EUA, China, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik