21:53 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Yuan, moeda chinesa

    China responde a medidas protecionistas dos EUA aumentando taxas de importação

    CC0 / Pixabay
    Economia
    URL curta
    21594

    A China decidiu suspender suas obrigações de reduzir as tarifas de importação de 128 itens exportados pelos Estados Unidos, anunciando novas taxas sobre as mercadorias, em resposta a medidas tomadas recentemente por Washington contra produtos chineses.

    De acordo com a Comissão Alfandegária do Conselho Estatal da China, a decisão tem como objetivo salvaguardar os interesses chineses e equilibrar as perdas provocadas pelas 232 medidas adotadas pelos EUA. 

    As novas tarifas impostas por Pequim devem variar de 15 a 25%, atingindo itens como frutas e carnes, entre outros. Elas entram em vigor nesta segunda-feira, 2 de abril.

    Mais:

    Este economista acredita que os EUA vão se arrepender de tarifas contra a China
    Parece conto policial: analista avalia situação das tarifas sobre metais nos EUA
    'Sem dúvida, estamos à beira de uma grande, talvez a maior guerra comercial'
    Guerra comercial entre EUA e China: Pequim se prepara para contraofensiva
    Tags:
    guerra comercial, tarifas, comércio, Pequim, Washington, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik