23:39 20 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Carteira de Trabalho e Previdência Social

    Desemprego cresce e país tem 13,1 milhões de pessoas desempregadas

    Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas
    Economia
    URL curta
    101

    A última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad-C), divulgada nesta sexta-feira (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que a taxa de desocupação voltou a crescer no trimestre encerrado em fevereiro deste ano.

    O país passa a ter 13,1 milhões de pessoas desempregadas, o que representa um aumento de 550 mil brasileiros em busca de emprego. A taxa de desemprego atingiu 12,6%, uma alta de 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre encerrado em novembro do ano passado.

    Entre o trimestre encerrado em novembro e o que terminou em fevereiro, o país perdeu cerca de 858 mil postos de trabalho, com redução de 407 mil empregos no setor privado sem carteira e de 358 mil no setor público.

    O número de empregados com carteira de trabalho assinada ficou estável neste trimestre encerrado em fevereiro, em 33,1 milhões de trabalhadores.

    A queda no número de postos de trabalho foi verificada principalmente no setor de serviços, que reúne as atividades de administração púbica, defesa, seguridade, educação, saúde e serviços sociais, que chegou a perder 435 mil postos de trabalho; na construção, foram menos 277 mil empregos; e na indústria, menos 244 mil.

    Mais:

    Outubro tem melhor índice de criação de emprego em 4 anos no Brasil
    'Reforma trabalhista não vai gerar emprego e vai precarizar condições de trabalho'
    Digam adeus a seu emprego: robô vai trabalhar no seu lugar daqui a uns anos
    Tags:
    emprego, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik