00:41 27 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Bitcoin, criptomoeda

    Google se junta a Facebook e proíbe anúncios de criptomoedas

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Economia
    URL curta
    303

    O Google irá proibir propagandas de criptomoedas e conteúdo relacionado, como consultoria comercial e carteiras eletrônicas das moedas digitais. A nova diretriz será implantada a partir de junho deste ano.

    "Este ano, atualizamos várias políticas para abordar anúncios de produtos financeiros não regulamentados ou especulativos, como opções binárias, criptomoedas, mercados de câmbio de moedas estrangeiras e contratos de diferença", afirma a companhia em seu blog (link em inglês).

    O objetivo, afirma o Google, é proteger o "ecossistema dos anúncios".

    A medida se assemelha ao feito pelo Facebook em janeiro ao proibir anúncios de criptomoedas, ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês). "Os anúncios não devem promover produtos e serviços financeiros que são frequentemente associados a práticas promocionais desonestas ou enganosas", disse a a empresa de Mark Zuckerberg em comunicado publicado na época.

    Mais:

    Ministro das Finanças holandês alerta cidadãos sobre alto risco de criptomoedas
    Investir em bitcoins: devemos confiar nas criptomoedas?
    Tentativas de regular criptomoedas poderiam 'causar pânico' entre investidores
    Mercado de criptomoedas estremece com artigo chinês cobrando regulamentação mais dura
    Bolsa de criptomoedas Coinbase entregará dados de seus usuários às autoridades dos EUA
    Tags:
    Facebook, Google
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik