22:00 19 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, durante o lançamento do petro

    1 em 2.000: por que petro venezuelano é um criptoativo diferente dos demais?

    © REUTERS / Marco Bello
    Economia
    URL curta
    As criptomoedas de Nicolás Maduro (19)
    6204

    Embora hoje em dia existam mais de duas mil criptomoedas, o petro tem características inéditas. A Sputnik Mundo falou com o superintendente de criptomoedas do país, Carlos Vargas, responsável pela implementação da nova moeda digital.

    735 milhões de dólares (R$ 2.400) foi a cifra alcançada durante o primeiro dia de "pré-venda" da nova criptomoeda venezuelana, anunciou Nicolás Maduro em 20 de fevereiro. Carlos Vargas revelou à Sputnik as características que a distinguem de outras moedas digitais.

    Lastreada em ativo físico

    A moeda é lastreada em um ativo físico, o que garante a segurança ao comprador: o petro possui como “lastro” 5,3 bilhões de barris de petróleo, seu valor está ligado ao preço de um bem físico transacionável (que atualmente é de cerca de 60 dólares, ou R$ 200, por barril) e não exclusivamente à oferta e demanda do mercado.

    "Nossa maior força é ter uma reserva de cinco bilhões de barris, equivalente a 300 bilhões de dólares (R$ 975 bilhões). O Estado está pronto a cumprir suas obrigações em qualquer momento", explicou Vargas.

    Preço estável

    O valor do petro não varia abruptamente. Para conseguir isso, o governo criou vários mecanismos para controlar sua estabilidade. Segundo o superintendente, as autoridades têm competências para "através da compra e recompra, garantir que não haverá flutuações importantes e distorcidas". Isso se soma ao fato de que a base física, estabelecida em um barril de petróleo por cada petro, vincula seu preço ao indicador diário do petróleo venezuelano da Cesta Opep.

    Petro terá rastreabilidade

    Isso garante que seus investimentos não serão utilizados para a lavagem de dinheiro. Ao contrário das mais importantes criptomoedas, o denominado "Livro Branco do Petro" – documento fundamental que contém o protocolo da moeda – estabelece práticas de rastreabilidade dos dinheiros utilizados para sua aquisição.

    "O problema da lavagem de dinheiro sempre existiu tanto no dinheiro fiduciário como também nas criptomoedas […] Creio que foi iniciada a tendência global de transparência e promoção de políticas KYC ['know your customer' ou 'conheça seu cliente' em português], o que é muito importante", disse ele.

    Petro será taxado

    Alguns países já estão começando a cobrar impostos sobre as operações com ativos digitais. Na Venezuela isso ocorrerá depois de um período limitado, durante o qual se espera criar condições para o desenvolvimento do ecossistema cripto no país, explicou Vargas.

    Em 20 de fevereiro de 2018, Caracas começou a pré-venda da nova criptomoeda, o petro. O presidente venezuelano, Nicolás Maduro anunciou que seu governo se prepara para lançar um novo token de criptografia lastreado ouro na próxima semana.

    Tema:
    As criptomoedas de Nicolás Maduro (19)

    Mais:

    Economista: petro é boa iniciativa, mas não ajudará a resolver crise econômica venezuelana
    Tags:
    criptomoeda, petro, Nicolás Maduro, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik