11:02 19 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Bitcoin, criptomoeda

    Sobe e desce na cotação do bitcoin: o que aconteceu e por quê?

    © Sputnik/ Vladimir Astapkovich
    Economia
    URL curta
    221

    Essa foi uma semana turbulenta no mercado de criptomoedas, em que ganhos espetaculares realizados no último mês evaporaram no espaço de sete dias.

    Ao longo de 2017, o bitcoin teve ganhos inacreditáveis, subindo de aproximadamente US$ 1 mil (R$ 3,33 mil), no início do ano, para um recorde de quase US$ 20 mil (R$ 66,6 mil) em dezembro. Apenas nos últimos dois meses, o valor da moeda virtual duplicou.

    No entanto, na semana passada, o mercado das criptomoedas experimentou uma série de perdas, que culminaram em forte queda na sexta-feira (22), com o valor do bitcoin chegando a menos de US$ 11 mil (R$ 36,63 mil), segundo informou a BBC, citando números do site Coindesk, especializado em negociações da moeda virtual. A emissora britânica também acrescentou que o bitcoin ainda subiu para US$ 13 mil (R$ 43,29 mil), mas o preço permanece volátil.

    Bitcoin
    © REUTERS/ Dado Ruvic/Illustration
    As maiores perdas de valor que o bitcoin sofreu ao longo da semana levaram, segundo a BBC, a um aumento nos negócios da Coinbase, casa de câmbio de bitcoin, ainda na sexta-feira (22). No entanto, como resultado de problemas técnicos, o câmbio teve que interromper suas trocas duas vezes durante o dia.

    As bolsas CBOE e CME também viram a negociação de certos contratos futuros da bitcoin suspensos devido à rápida mudança de preços. Esses contratos funcionam essencialmente de uma maneira que permite aos investidores que façam apostas refletindo baseados em onde eles preveem que o preço da bitcoin estará em diferentes momentos do futuro, informou a BBC.

    Algumas especulações começaram a surgir, já que o mercado está tentando dar sentido à queda descendente, que antes parecia fora do horizonte.

    De acordo com Charles Hayter, fundador e CEO do site Cryptocompare, o mercado ainda é impulsionado principalmente pelo sentimento, ainda segundo informações da BBC. Depois de um enorme aumento nos preços, as pessoas seguiram a mudança de humor do mercado e os preços caíram.

    Outra questão é a confiança no mercado, e algumas pessoas criticam as suspensões que o comércio experimentou na sexta-feira (22).

    "Não é bom simplesmente deixar as negociações offline de forma aleatória ao longo do dia", disse o comerciante de bitcoin, Nick Colas, para a BBC, acrescentando que "a robustez desse sistema é tão importante para sua confiança… quanto o próprio preço das criptomoedas".

    Outras explicações estipulam que há uma explicação sazonal para a queda nos preços das moedas virtuais. A razão para isso, de acordo com a revista Forbes, é que há uma série de feriados importantes no final de dezembro, incluindo o Natal e o Ano Novo, o que torna este um momento ruim tanto para a poupança quanto para os investimentos. A Forbes ainda afirma que informações privilegiadas e a manipulação de mercado poderiam ser outras possíveis explicações.

    No meio da turbulência e dos temores de que esse mercado possa ser uma bolha gigante, algumas autoridades começaram a emitir avisos às pessoas que procuram fazer investimentos.

    "Eu vejo o bitcoin como uma espécie de "mania das tulipas", como uma bolha fora de controle", disse Lars Rhode, chefe do banco central dinamarquês a uma emissora nacional, a DR.

    O diretor executivo da Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido também advertiu os investidores que eles deveriam estar preparados para perder todo o seu dinheiro se eles decidissem investir em bitcoin, segundo reportou a revista de investimentos britânica Investment Week.

    Mais:

    Especialista explica razões da desvalorização dramática do bitcoin
    O que é bitcoin cash e por que cresce a nível recorde?
    'Bitcoin se aproxima do zero e muitos perderão tudo quando bolha explodir'
    Tags:
    bitcoin, Forbes, DK, BBC, Lars Rhode, Nick Colas, Reino Unido, Dinamarca
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik