02:27 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Bitcoins

    Especialista explica razões da desvalorização dramática do bitcoin

    © Fotolia / Escapejaja
    Economia
    URL curta
    12161
    Nos siga no

    Durante os últimos cinco dias, o bitcoin perdeu 25% de seu valor. Ao atingir US$ 20 mil (R$ 66 mil) no domingo (17), a moeda virtual desvalorizou até US$ 12.874 (R$ 42,59 mil) segundo o portal CoinMarketCap.

    A desvalorização acentuada da criptomoeda mais popular do mundo foi causada pelo faturamento de lucros, podendo o valor da moeda virtual se fixar em US$ 13 mil (R$ 43 mil), acredita Josh Olszewicz, analista técnico do portal Brave New Coin

    "Trata-se de uma correção normal, ela era esperada. Em breve, deve terminar, atingindo a cotação de aproximadamente US$ 13 mil (R$ 43 mil)", assinalou o especialista à Sputnik.

    Anteriormente, vários economistas e participantes do mercado de criptomoedas contaram à Sputnik que o bitcoin perdeu parte de seu valor devido a vários fatores do mercado. Além disso, o cofundador da empresa Bitcoin.com, Emil Oldenburg, declarou que o bitcoin não tem perspectivas como moeda comercial e vendeu todos os seus bitcoins, optando pelo bitcoin cash. 

    As notícias provenientes do Japão e Singapura também influenciaram o valor da criptomoeda. 

    O ministro de Finanças do Japão afirmou que não considera o bitcoin um ativo seguro. A Autoridade Monetária de Singapura advertiu que os investimentos nesta criptomoeda encerram riscos elevados para os investidores, já que os bitcoins não são garantidos por nenhum ativo real e não são autorizados como unidade de pagamento. Entre outras razões da desvalorização do bitcoin foram ainda indicadas as especulações financeiras. 

    Mais:

    'Bitcoin se aproxima do zero e muitos perderão tudo quando bolha explodir'
    Quando e por que bitcoin colapsará?
    Especialista russo revela quem pode estar por trás do bitcoin e seu verdadeiro papel
    Tags:
    desvalorização, bitcoin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar