05:36 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Centro Internacional de Negócios de Moscou Moscow City, Rússia

    Por que política macroeconômica russa é a melhor do mundo?

    © Sputnik / Evgenia Novozhenina
    Economia
    URL curta
    183
    Nos siga no

    Muitos especialistas consideram que a política macroeconômica aplicada pelas autoridades russas é a melhor do mundo, disse o ministro do Desenvolvimento Econômico da Rússia, Maksim Oreshkin.

    "A consolidação da política fiscal, novos mecanismos para proteger o mercado interno contra as mudanças nos preços do petróleo […] todas essas medidas macroeconômicas são consideradas positivas [em um plano internacional]. Ouço que muitos [especialistas] qualificam a política macroeconômica russa como a melhor do mundo", disse Oreshkin em entrevista ao portal russo de notícias RBC.

    O político destacou que a atração da economia e das empresas russas está crescendo. As relações com os investidores norte-americanos no ponto de vista econômico não têm sofrido muitos danos nos últimos anos, já que as empresas dos EUA continuaram desenvolvendo os seus negócios, reinvestindo suas receitas na economia russa e criando novos produtos.

    Segundo o ministro, o fluxo dos últimos investimentos começou em 2015 e foi causado pelos êxitos que as autoridades russas tinham alcançado na política macroeconômica.

    Embora os preços do petróleo permaneçam baixos no quarto trimestre, apesar do acordo de reduzir a produção, alcançado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), muitos setores da economia russa mostram uma dinâmica positiva. Trata-se da agricultura, indústria transformadora, setor de serviços, vendas de automóveis e aviação.

    Com tudo isso, Oreshkin sublinhou que é quase improvável que os baixos preços do petróleo afetem essa dinâmica. O orçamento público russo foi calculado levando em consideração a possibilidade de que o petróleo custasse 40 dólares (R$ 130) por barril. Mesmo que os preços decresçam a esse nível (agora o preço do petróleo supera 58 dólares [R$ 188] por barril), o orçamento da Rússia teria uma margem de segurança.

    Desta forma, o ministro disse que, neste ano, o crescimento econômico da Rússia ultrapassa 2% e pode continuar aumentando.

    Ao mesmo tempo, Oreshkin destacou que o comércio dos bens intermediários constitui 60% do comercio global. São cada vez mais raros os casos que um produto acabado se produz dentro de um país. Para produzir muitos bens modernos, é necessário importar vários componentes estrangeiros.

    É por esta razão que a simplificação do movimento de bens é um fator muito importante que pode ajudar a economia russa a se envolver no comercio mundial de uma maneira mais ativa. Para simplificar este movimento, Oreshkin considera que é necessário que as autoridades russas reformem o controlo monetário atual.

    "A nossa tarefa consiste em assegurar que a regulação […] forneça o conforto máximo para o negocio", concluiu o ministro do Desenvolvimento Econômico.

    Mais:

    Cooperação entre Moscou e Pyongyang será realizada de acordo com resolução da ONU
    Moscou pode sair do Ato fundador Rússia-OTAN devido às ações norte-americanas
    Tags:
    política econômica, finanças, Maxim Oreshkin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar