00:23 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Paulo Nogueira Batista Jr, ex-vice-presidente Do Novo Banco de Desenvolvimento dos BRICS, em 3 de setembro de 2017, em Xiamen

    Economista brasileiro é demitido da vice-presidência do Banco do BRICS

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Economia
    URL curta
    15612

    O brasileiro Paulo Nogueira Batista Jr. foi demitido da vice-presidência do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), também conhecido como Banco do BRICS. O economista teria violado o código de conduta de executivos da instituição ao fazer comentários sobre a política interna do Brasil.

    Indicado para o cargo pela então presidenta Dilma Rousseff, Batista vinha sendo investigado por conta de artigos publicados sobre a política brasileira. A gota d'água, segundo a Folha de S. Paulo, teria sido um comentário negativo em relação ao juiz Sérgio Moro após a condenação, pelo magistrado, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

    A demissão foi decidida pelo conselho de administração do NBD. O nome do seu substituto deve ser divulgado pelo governo brasileiro nas próximas semanas.

    Mais:

    ‘Diálogo Brasil-Rússia deu origem ao grupo BRICS’, diz vice-presidente do NBD
    Vice-presidente do NBD: ‘Sustentabilidade é o foco do Banco dos BRICS’
    Diretor do FMI para o Brasil acredita na recuperação do país e na importância do NBD
    Vice-presidente do Banco dos BRICS anuncia operações de financiamento do NBD
    Tags:
    Folha de S. Paulo, NBD, Banco dos BRICS, Novo Banco de Desenvolvimento, Sergio Moro, Luiz Inácio Lula da Silva, Paulo Nogueira Batista Jr, Dilma Rousseff, África do Sul, Índia, China, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar