08:06 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    6204
    Nos siga no

    O Banco do BRICS poderá conceder empréstimos em rublos assim que receba a notação internacional de crédito, afirma o chefe do departamento de relações financeiras do Ministério das Finanças russo, Andrei Bokarev.

    Os bancos de desenvolvimento do bloco já assinaram um acordo sobre a concessão de créditos em moedas nacionais.

    Segundo Pavel Nefidov, presidente executivo do Conselho Bancário e Financeiro da CEI, o desenvolvimento do rublo neste bloco é um passo muito importante tanto para a própria Rússia, quanto para outros países.

    "Primeiro, a função natural de um banco que foi criado por vários países é ajudar estes países a atrair dinheiro de longo prazo em condições vantajosas. Segundo, isso é muito importante para o rublo, moeda que tem um caráter multinacional", disse ele em comentário para o serviço russo da Rádio Sputnik.

    Com este passo o rublo obtém um estímulo para se tornar uma moeda em que outros estarão interessados em investir.

    O BRICS já colocou obrigações em yuans na China. Os empréstimos em rublos darão ao banco a possibilidade de usar passivos em moeda nacional russa em projetos no território da Federação da Rússia. Este instrumento, de acordo com Nefidov, pode suscitar o interesse daqueles que buscam créditos baratos e de longo prazo.

    "Hoje em dia o banco do BRICS está na fase inicial de análise de projetos, a esfera de interesse do banco abrange projetos de infraestrutura, de implementação de novas tecnologias", frisou o especialista.

    Projetos como, por exemplo, o empréstimo de 470 milhões de dólares para instalar um sistema de abastecimento de água potável nas aldeias do estado indiano de Madhya Pradesh, não dão lucro a curto prazo mas permitem desenvolver um setor que no futuro poderá atrair investimentos e proporcionar receitas fiscais.

    Os créditos em rublos e os títulos denominados em rublos podem interessar parceiros como o Brasil.

    "Creio que, mais do que os créditos, serão os títulos financeiros denominadas em rublos que podem suscitar interesse não apenas do Brasil, mas das várias instituições financeiras. Com a estabilização gradual do sistema financeiro da Federação da Rússia, as taxas de juro dos depósitos em rublos são mais interessantes do que as taxas em euros e dólares", destacou Nefidov.

    Com uma política correta do Banco BRICS, estes títulos se tornarão seguros e mais atraentes em termos comerciais, concluiu o especialista.

    Mais:

    Especialista explica como banco do BRICS incentivará inovações em países da Ásia-Pacífico
    Banco do BRICS pode entrar no mercado de capitais da Rússia já em 2017
    Banco dos BRICS planeja emprestar US$ 2,5 bilhões em 2017
    BNDES pode ceder funcionários para colaborar com o banco dos BRICS
    Tags:
    investimento, economia, rublo, Banco dos BRICS, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar