17:07 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Bitcoin

    Nova bolha econômica: mercado do bitcoin ameaça milhões de pessoas

    CC0 / Pixabay
    Economia
    URL curta
    397033815

    Atualmente, o preço do bitcoin está crescendo a um ritmo vertiginoso devido ao aumento da demanda pela moeda virtual. Entretanto, essa tendência preocupa muitos expertos que antecipam uma grande queda no mercado.

    A taxa de câmbio dessa criptomoeda está se preparando para bater um novo recorde. O bitcoin pode passar em breve de 4.031 dólares (R$ 12.700) para 4.500 (R$ 14.182).

    Desde agosto, o valor do bitcoin aumentou 60%. Não é a primeira vez que a moeda digital se valoriza, entretanto, muitos especialistas avisam que o mercado pode enfrentar problemas, informou o portal russo Lenta.ru.

    Em comparação com o crescimento atual, os anteriores sucessos da moeda envolviam apenas um pequeno número de usuários. Agora a situação é completamente oposta: milhões de pessoas participam da compra e venda da criptomoeda.

    Nos últimos anos, muitas pessoas começaram adquirindo ativamente bitcoins. Essa alta demanda contribuiu para o aumento da capitalização do mercado dessa moeda.

    A capitalização bolsista é o valor total de ações – neste caso dos bitcoins – que atualmente se comercializam no mercado.

    Agora a capitalização bolsista do bitcoin chega a 68 bilhões de dólares (R$ 214 bilhões), um número que corresponde à capitalização de qualquer empresa do índice Dow Jones. Este índice reúne as 30 maiores empresas dos EUA.

    A situação atual se parece muito à de 1991, quando Tim Berners-Lee, denominado o pai da rede informática mundial, estabeleceu a primeira comunicação entre um cliente e um servidor usando o protocolo HTTP.

    Na sequência deste evento, as pessoas entenderam rapidamente que podiam se aproveitar da rede com fins comerciais. Na segunda metade dos anos 90, o índice NASDAQ começou se associando às empresas especializadas na conexão à rede, apesar de reunir todas as empresas que operam na esfera de altas tecnologias.

    Notas de dólares norte-americanos
    © Sputnik/ Natalia Seliverstova
    Tudo acabou em 2000, quando os investidores não conseguiram apoiar o crescimento prolongado dos preços das ações dessas empresas. O índice NASDAQ caiu quatro vezes, para o nível de 1995. Um grande número de empresas emergentes abandonou o mercado devido à crise.

    A situação atual no mercado de criptomoedas é similar. No início, apenas um pequeno grupo de entusiastas detectou os primeiros êxitos do bitcoin, mas agora muitos usuários aproveitam seus avanços graças aos meios de comunicação.

    Richard Ternill, chefe de estratégia de investimento da empresa norte-americana Black Rock, a maior em gestão de ativos no mundo, declarou recentemente que a situação na bolsa de criptomoedas o assusta.

    Os especialistas do banco de investimento Goldman Sachs preveem que vamos observar uma queda brusca do preço do bitcoin. Eles esperam que o preço da criptomoeda caia até 1.800 dólares (R$ 5.680).

    Segundo o economista norte-americano Elliott Wave, a histeria atual com a criptomoeda se parece ao boom no mercado das tulipas nos Países Baixos nos anos de 1630, conhecido como a primeira bolha econômica na história moderna. De acordo com a teoria das ondas, proximamente o preço do bitcoin cairá bruscamente.

    Mais:

    Cuidado, Bitcoin: Rússia desenvolve moeda virtual
    Bitcoin: moedinha foi dividida em 2, mas pode valer um bolão
    Tags:
    criptomoeda, bitcoin, crise, finanças, Internet
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik