17:27 06 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    282
    Nos siga no

    O presidente italiano, Sergio Mattarella, afirmou hoje que a Itália também espera fazer parte da iniciativa chinesa conhecida como Um Cinturão, Uma Estrada, ou, como preferem alguns, a chamada nova Rota da Seda.

    Em 2013, o presidente da China, Xi Jinping, propôs a construção de uma nova rota comercial, compreendendo o Cinturão Econômico da Rota da Seda e a Rota da Seda Marítima, com o objetivo de facilitar o fluxo de mercadorias do oceano Pacífico ao mar Báltico. A ideia é a de que o projeto conecte o país asiático com a Europa, fortalecendo os laços econômicos entre essas duas regiões e também com os Estados do Golfo Pérsico. 

    "Estamos confiantes na realização da iniciativa do Um Cinturão, Uma Estrada da China, e vamos trabalhar nesse projeto junto com a China", afirmou Mattarella em entrevista à CCTV

    De acordo com o líder italiano, o seu país tem muita experiência na construção de infraestrutura e em logística, o que faz da Itália uma parceira importante para o sucesso desse projeto.  

    Mais:

    Jornalistas russos e chineses desbravarão a Rota da Seda
    Nova Rota da Seda: Primeiro trem chinês chega à Rússia
    Xi Jinping abre Rota da Seda na África
    Novo canal de Suez completa a Rota da Seda chinesa
    Tags:
    rota da seda, Xi Jinping, Sergio Mattarella, Golfo Pérsico, Oriente Médio, Europa, Ásia, Mar Báltico, Itália, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar