20:34 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    3130
    Nos siga no

    As petroleiras Rosneft, da Rússia, e CNPC, da China, concordaram em estender o contrato de fornecimento de petróleo ao país asiático via Cazaquistão e aumentar o volume negociado anteriormente em 56 milhões de toneladas métricas, segundo informou a empresa russa nesta segunda-feira (9).

    "A Rosneft e a CNPC assinaram um acordo adicional para aumentar o fornecimento de petróleo através do Cazaquistão e prorrogar o contrato, concluído em 21 de junho de 2013, até 31 de dezembro de 2023", diz o comunicado da Rosneft.

    De acordo com o documento, a parte russa entregará um total de 91 milhões de toneladas de petróleo para a China ao longo de 10 anos, contando com 21 milhões de toneladas entregues no âmbito do contrato inicial e 56 milhões entre 2017 e 2023.


    Mais:

    Kremlin garante que acordo de privatização da Rosneft é benéfico para a Rússia
    Kremlin: Rússia privatiza 19,5% da gigante do petróleo Rosneft
    Rosneft e venezuelana PDVSA começam entregas mútuas de produtos petrolíferos em 2016
    Rússia ultrapassa Arábia Saudita como maior exportadora de petróleo para a China
    Tags:
    fornecimento, venda, contrato, petróleo, CNPC, Rosneft, Cazaquistão, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar