13:13 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Logo do gigante farmacêutico, empresa alemã Bayer, em 24 de julho de 2013

    Bayer compra Monsanto por US$ 66 bi na maior aquisição da história corporativa

    © AFP 2017/ JOHN MACDOUGALL
    Economia
    URL curta
    312

    A fabricante alemã de produtos químicos Bayer fechou nesta quarta-feira (14) um acordo para comprar a companhia norte-americana de sementes Monsanto por 66 bilhões de dólares, a maior aquisição em dinheiro da história corporativa.

    A oferta de US$ 128 por ação, que supera uma anterior de US$ 127,50, ocorre em um momento problemático para o setor do agronegócio, em meio a mudanças nos padrões climáticos e uma intensa concorrência na exportação de grãos, entre outros fatores.

    "Os concorrentes da Bayer estão se fundindo, por isso não fazer este negócio teria significado uma desvantagem competitiva", disse Markus Manns, gestor de fundos da Union Investment, um dos 12 maiores investidores na Bayer.

    É provável que o processo de fusão proposto enfrente um processo de regulação intenso e prolongado nos Estados Unidos, Canadá, Brasil e União Europeia, entre outros lugares. Hugh Grant, presidente-executivo da Monsanto, disse nesta quarta-feira que as empresas terão de apresentar documentos em cerca de 30 jurisdições para selar a fusão.

    Se o negócio se concretizar, a companhia criada terá um quarto do mercado mundial combinado de sementes e pesticidas.

    Mais:

    Rússia bate recorde de exportação de grãos e se torna o maior exportador mundial de trigo
    O homem que tentou roubar sementes secretas dos EUA
    Tags:
    pesticidas, sementes, setor agrícola, compra, aquisição, fusão, Monsanto, Bayer, EUA, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik