23:30 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente Vladimir Putin da Rússia (R) se reúne com presidente do Irã, Hassan Rohani, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, 28 de setembro de 2015

    Rússia ultrapassará os EUA no mercado financeiro do Irã

    © REUTERS/ Mikhail Klimentyev/Kremlin
    Economia
    URL curta
    0 161

    Após o levantamento parcial das sanções, o Irã é um mercado promissor para os bancos russos. Dez das maiores instituições de crédito russas estão planeando se expandir no novo mercado.

    Esta informação foi divulgada pelo jornal Izvestia, citando uma fonte no Banco Central russo. A cooperação russo-iraniana está se fortalecendo. Ao mesmo tempo, os bancos ocidentais ainda não dominam no mercado iraniano. Assim, as entidades bancárias russas são as primeiras a chegar ao Irã.

    Quando as instituições financeiras russas entrarem no mercado iraniano, o rublo pode se reforçar significativamente por causa do maior volume de transações. Este ponto de vista é compartilhado pelo ex-presidente da Sociedade de Amizade Russo-Iraniana, Bahram Amirahmadiyan, entrevistado pela Sputnik Persa.

    “O volume de comércio entre os dois países é de US $ 4-5 bilhões. Nossos países têm um desejo de realizar todas as transações comerciais e operações em moedas nacionais. Hoje a Rússia e o Irão utilizam dólares ou em euros. Isto é extremamente inconveniente, uma vez que estas operações são controladas pelo Banco Central norte-americano ou europeu.

    De acordo com Bahram Amirahmadiyan, a iniciativa de abrir escritórios de bancos russos no Irão será apoiada e calorosamente recebida pela liderança iraniana. Se os bancos russos chegarem no mercado iraniano, a cooperação comercial se intensificará significativamente.

    Muitos empresários e empreendedores iranianos apontam que o problema fundamental no comércio entre os dois países é a ausência de um mecanismo conjunto de pagamentos bancários. Se forem abertos escritórios dos bancos russos no Irã, o problema ficará resolvido.

    Com o crescimento das operações monetárias e financeiras, o rublo russo se fortalecerá e se tornará uma moeda atraente, concluiu Bahram Amirahmadiyan.

    A cota-parte dos negócios entre os dois países na Rússia aumentou de 0,2 para 0,4%. No período de janeiro-junho 2016, as transações com o Irã totalizaram cerca de 924 milhões de dólares (R$ 2,9 trilhões).

    Mais:

    Irã duvida que EUA cumpram acordo de cessar-fogo na Síria
    Irã ameaça derrubar dois aviões de espionagem dos EUA
    Novo eixo Rússia-Irã-Turquia envia mensagem ao Ocidente
    Tags:
    transações comerciais, bancos, Irã, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik