22:38 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Amesterdão

    Holanda está confiante: novo governo brasileiro não arruinará negócios bilaterais

    © flickr.com/ Mariano Mantel
    Economia
    URL curta
    835

    Os Países Baixos esperam que seus laços econômicos com o Brasil não sejam prejudicados pela mudança de poder.

    A Holanda está confiante que as relações do país com o Brasil continuarão a se desenvolver de forma positiva após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, informa o porta-voz do ministro de comércio exterior holandês à Sputnik.

    "Mantemos uma relação econômica há muito tempo, que abrange diferentes setores, como a agricultura, logística, água, energia, aviação e estes são somente alguns. Temos plena confiança de que com o novo governo, estas relações vão continuar a florescer", disse Herman van Gelderen.

    A Holanda é o quarto maior mercado de exportação do Brasil. O país da América Latina abastece a Holanda principalmente com matérias-primas, como minerais, minérios, carnes e soja.

    Van Gelderen acrescentou que a Holanda está ciente da difícil situação econômica do Brasil e espera que o novo governo resolva o problema.

    "Estamos cientes da complicada atual situação da economia brasileira. Esperamos que o novo governo tome medidas necessárias que garantam o crescimento sustentável de longo prazo da economia brasileira", disse o porta-voz.

    Em 31 de agosto de 2016, Dilma Rousseff foi definitivamente destituída do cargo de presidente da República. O resultado se deu após votação no Senado, que terminou com 61 votos a favor e 20 contra o impeachment. As acusações contra Dilma estão relacionadas à participação de pedaladas fiscais, ao financiamento de bancos públicos com recursos do Tesouro Nacional e à edição de decretos sem consulta ao Congresso.

    Mais:

    Convocação de embaixadores no Brasil terá consequências a médio prazo na América Latina
    FMI afirma que situação econômica do Brasil não é tão má quanto parece
    Milagre não aconteceu: especialistas falam sobre futuro do Brasil
    Partido espanhol não reconhece Temer como presidente do Brasil
    Tags:
    negócios, comércio bilateral, Holanda, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik