00:43 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Apple Store

    Empresas dos EUA têm problemas de impostos na Europa

    © flickr.com/ Andy
    Economia
    URL curta
    130

    O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos expressou a sua discordância com a atitude da Comissão Europeia relativamente ao sonegação de impostos em dívida por parte de empresas americanas.

    A respectiva informação foi divulgada em um comunicado oficial do órgão da administração americana.

    Trata-se da investigação de esquemas de "otimização fiscal" recentemente iniciada por órgãos de aplicação da lei na União Europeia, nomeadamente criadas por grandes multinacionais — Apple na Irlanda, Starbucks na Holanda, Amazon e Fiat em Luxemburgo. Os esquemas atualmente a ser investigados poderiam ter permitido a sonegação de impostos no valor de vários bilhões de euro.

    A decisão final relativamente o caso será tomada já em setembro, notou o jornal Financial Times. De acordo com um representante do banco JP Morgan, consultor da Apple, citado pela publicação, no pior dos casos a empresa poderá ser obrigada a pagar às autoridades fiscais europeias 19 bilhões de dólares.

    A Comissão Europeia acusa a famosa empresa produtora de celulares e tablets de distribuir lucros pela sua filial na Irlanda, AOE, de forma que permitiria lucrar 28-38 bilhões de dólares, o que, de acordo com a entidade europeia, não tem qualquer justificação econômica.

    O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos acusa a Comissão Europeia de assumir funções de fiscalização que não são próprias da entidade e de mostrar preconceito relativamente às empresas americanas.

    Tags:
    impostos, Apple, Comissão Europeia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik