21:44 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    277
    Nos siga no

    O plano da Força Aérea dos EUA é incorporar vários sistemas de laser em suas aeronaves, tanto para ataque ao solo como para destruição de alvos no ar.

    A empresa de defesa Lockheed Martin entregou à Força Aérea dos Estados Unidos um protótipo de Laser Aerotransportado de Alta Energia (AHEL, na sigla em inglês) que será testado no próximo ano em uma aeronave de ataque ao solo, informou o fabricante.

    Primeiro, o laser deve ser integrado em outros sistemas para testes em terra e, posteriormente, o sistema completo de armas pode ser incorporado em uma aeronave AC-130J Ghostrider para avaliar seu desempenho no ar.

    Ainda em 2015, o Comando de Operações Especiais da Força Aérea tinha anunciado que equiparia o AC-130J com poderosas armas a laser.

    Embora a Lockheed Martin não especifique a potência nominal do AHEL, a Força Aérea indicou várias vezes que seria de cerca de 60 quilowatts. Isso estaria de acordo com as próprias declarações da empresa de que essa arma é "da mesma classe" que o Laser de Alta Energia com Ofuscamento Óptico e Vigilância Integrados (HELIOS, na sigla em inglês), desenvolvido para a Marinha, sublinhou o portal The Drive.

    Os Estados Unidos também planejam incorporar outros sistemas de armas a laser em caças de combate em meados desta década.

    A Lockheed Martin se comprometeu a equipar os caças norte-americanos com o Sistema Tático de Armas Laser Aerotransportadas (TALWS, na sigla em inglês) até 2025. Este equipamento será usado para destruir mísseis ar-ar e mísseis antiaéreos.

    A Força Aérea dos Estados Unidos está efetuando a licitação com base no programa Demonstrador de Laser de Alta Energia de Autoproteção (ShiELD, na sigla em inglês). O plano de desenvolvimento inclui três tipos de sistemas de laser para caças: designadores de alvo, lasers de defesa e lasers para destruição de outras aeronaves.

    Mais:

    Taiwan aumenta gastos na defesa em meio às tensões com China
    Caças russos Su-57 serão equipados com novo míssil hipersônico antinavio
    Mídia da China denuncia 'invasores dos EUA' após notícias de presença de forças especiais em Taiwan
    Submarino dos EUA se chocou com objeto desconhecido no mar do Sul da China, ferindo 11 pessoas
    Tags:
    defesa, EUA, Lockheed Martin, laser, Força Aérea
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar