23:12 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7914
    Nos siga no

    Recentemente, dois caças F-35A Lightning II da Força Aérea dos EUA (USAF, na sigla em inglês) lançaram versões de teste da bomba nuclear guiada B-61-12 durante demonstração completa do sistema de armas da aeronave.

    De acordo com a USAF, o evento ocorreu em decorrência do exercício de teste de voo final do processo de certificação do projeto nuclear.

    Durante o exercício, os pilotos de teste voaram para o campo de testes Tonopah e liberaram duas bombas B61-12 de envelopes de voo operacionalmente realistas.

    "As armas da série B61 são armas nucleares táticas de gravidade que podem ser usadas em aeronaves de capacidade dupla, como o F-15E e o F-16C/D", afirmou o tenente-coronel Daniel Jackson.

    A certificação nuclear é dividida em duas fases, sendo elas a certificação de projeto nuclear e a certificação operacional nuclear.

    O Departamento de Defesa e o Departamento de Energia vão analisar e revisar os dados de teste recebidos do evento para garantir que tudo funcionou corretamente em todas as fases da operação.

    Mais:

    Com mais de 800 falhas no caça F-35, Lockheed Martin envia executivos para reeducação 'neorracista'
    EUA usam entregas de caças F-35 para forçarem Emirados Árabes Unidos a abandonarem Huawei, diz mídia
    'Resposta aos caças furtivos dos EUA': NI revela como Rússia planeja destruir aviões F-35 e F-22
    Tags:
    avião de ataque, avião de combate, avião de assalto, EUA, Força Aérea, bomba nuclear
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar