10:04 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    9252
    Nos siga no

    Na Exposição Internacional Aeroespacial da China (Show Aéreo da China) que decorre na cidade de Zhuhai, no sul do país, foi apresentada uma peça de armamento um tanto incomum.

    Na sua aparência, este equipamento militar é muito semelhante ao principal tanque de batalha dos EUA, o M1 Abrams, embora pintado com um padrão de camuflagem "pixelizada" atípica do equipamento militar americano.

    Segundo fotografias compartilhadas, se pode observar que as suas lagartas não são verdadeiras e que esta maquete se move em rodas convencionais.

    Trata-se de uma máquina especial que tem como objetivo simular nas manobras o equipamento militar do adversário.

    Se este aparelho estiver a alguma distância dos tanques verdadeiros, não será muito diferente de um alvo real, escreve o portal Rossiyskaya Gazeta.

    Aparentemente, este modelo do M1 Abrams nem sempre será destruído com munições de combate reais, uma vez que o Exército chinês usa ativamente simuladores a laser.

    O modelo de tanque americano pesa apenas 3.000 kg, o aparelho tem um chassi de três eixos com um motor diesel, sendo capaz de percorrer 200 km de distância sem reabastecimento. A maquete tem 9,75 m de comprimento, 3,75 m de largura e 2,45 m de altura. Em estrada consegue atingir a velocidade máxima de 86 km/h.

    O "tanque" poder ser operado do seu interior ou remotamente, com um equipamento de rádio especial de até 5 km de distância.

    Mais:

    Novo drone de reconhecimento armado completa 1º voo na China (FOTO)
    Lockheed Martin desenvolve sistema de guerra eletrônica de última geração para Exército dos EUA
    Submarino da Rússia destrói navio no Pacífico durante manobras (VÍDEO)
    Tags:
    veículo de combate, tanques, veículo blindado, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar