20:28 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    31915
    Nos siga no

    A Lockheed Martin recebeu um contrato de US$ 9,6 milhões (R$ 51,8 milhões) do Exército dos EUA para continuar seu desenvolvimento na área da guerra eletrônica integrada, inteligência de sinais e plataformas cibernéticas.

    De acordo com a Lockheed Martin, as operações conjuntas em todos os domínios, conhecidas em inglês por JADO (Joint All-Domain Operations) estão fazendo evoluir o combate "ao sincronizar os principais sistemas de armas e fontes de dados importantes com uma simplicidade revolucionária".

    Os vários domínios são os aéreos, terrestres, marítimos, ciberespaciais e espaciais.

    "As JADO permitem que os comandantes prevejam rapidamente os próximos movimentos dos adversários, os interrompam e suprimam com um novo nível de precisão", informou a empresa.

    A Lockheed Martin venceu a Boeing na competição de protótipos de 16 meses. As duas empresas desenvolveram protótipos e trabalharam com os militares norte-americanos antes de o Exército escolher o vencedor.

    Na fase dois, a Lokheed Martin seguirá desenvolvendo sua tecnologia e veículos táticos em conjunto com o Exército dos EUA.

    Mais:

    EUA possuem exército secreto de 60 mil soldados, aumentando forças contra China e Rússia, diz mídia
    EUA e OTAN estão 'bombeando' o Exército da Ucrânia, diz MRE da Rússia
    Exército dos EUA dispara lançador autônomo que pode ser implantado no Pacífico (VÍDEO, FOTO)
    Tags:
    Exército, Exército dos EUA, veículo, sistema, guerra eletrônica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar