10:29 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    14633
    Nos siga no

    Os testes estatais do sistema de mísseis antiaéreos S-500 foram concluídos e começaram as entregas do armamento para as Forças Armadas da Rússia, disse aos jornalistas o vice-premiê, Yuri Borisov.

    O vice-primeiro-ministro informou sobre o início das entregas do sistema russo S-500 para as Forças Armadas da Rússia. Borisov destacou que ainda nem todas as configurações do sistema estão sendo entregues, mas não revelou de que modificações se trata.

    A Índia pode se tornar o primeiro país a comprar o mais novo sistema russo, no entanto, as entregas serão discutidas apenas após os S-500 serem fornecidos ao Exército da Rússia.

    "Mas ainda não temos acordos no plano prático. E isso é uma prática comum – até preenchermos nossas Forças Armadas [com os sistemas], não vendemos para o exterior", afirmou Borisov.

    Após o início das entregas em série do S-500, o Exército russo precisará de autorização do presidente Vladimir Putin para fornecer os sistemas ao exterior. Borisov sublinhou que não haverá entregas nos próximos anos.

    O vice-premiê russo destacou que a Rússia e Índia têm uma colaboração de muitos anos no âmbito de vendas e desenvolvimento conjunto de armamentos.

    A Rússia organizou a produção licenciada na Índia de tanques T-90, aviões Su-30MKI, a fabricação conjunta de mísseis BrahMos e estão sendo realizadas negociações sobre fabricação de helicópteros Ka-226T.

    O S-500 Prometei, também conhecido como Triumfator-M, é um sistema de nova geração de sistemas de mísseis antiaéreos. S-500 pode interceptar alvos a longa distância e em grande altitude, tendo um potencial aumentado de defesa contra mísseis. O alcance do S-500 é de cerca de 600 quilômetros.

    O sistema russo pode destruir mísseis balísticos, alvos aerodinâmicos (aviões helicópteros etc.) e também mísseis de cruzeiro.

    Suas características ultrapassam as do sistema russo S-400 que está em serviço e de seu concorrente norte-americano Patriot Advanced Capability-3.

    Mais:

    Aliança militar AUKUS não visa qualquer outro país, diz premiê do Reino Unido
    Drone da Boeing realiza 1º reabastecimento aéreo de caça F-35 (VÍDEO)
    Rússia está na frente dos países ocidentais na criação de armas hipersônicas, afirma ministro
    Taiwan realiza treinamento militar em preparação para eventual guerra com China (FOTOS)
    Míssil hipersônico que custa a sair
    Tags:
    Rússia, Índia, defesa, S-500, mísseis, Forças Armadas, sistema de míssil antiaéreo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar