18:29 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    8553
    Nos siga no

    Quatro navios de guerra chineses, incluindo um de seus destróieres mais avançados, foram vistos nas águas ao largo do Alasca no final do mês passado, conforme fotos divulgadas pelo serviço de informação do Pentágono.

    As fotos, tiradas em 29 e 30 de agosto pela Guarda Costeira dos EUA, mostram quatro navios chineses acompanhados por duas embarcações norte-americanas nas águas internacionais dentro da zona econômica exclusiva dos EUA nas ilhas Aleutas.

    Os navios dos EUA e da China tiveram interações "seguras e profissionais" e sua comunicação verbal foi realizada em conformidade com as normas internacionais, incluindo o Código para Encontros Não Planejados em Alto-Mar, um acordo não vinculativo juridicamente para prevenir confrontos no mar, segundo a Guarda Costeira.

    Trata-se dos destróieres chineses Type 055 e Type 052D, um navio de espionagem Type 815 e um navio de reabastecimento Type 903, de acordo com South China Morning Post.

    Não foi a primeira vez que navios chineses foram vistos nas águas do Alasca. Em 2015, cinco embarcações do Exército de Libertação Popular (ELP) foram avistadas no mar de Bering ao largo do Alasca. O Pentágono disse que essa foi a primeira destas operações da China.

    Mais:

    Defesa do Japão diz que mísseis da Coreia do Norte teriam caído na sua Zona Econômica Exclusiva
    Míssil hipersônico que custa a sair
    Bombardeiro B-2 Spirit dos EUA fica danificado após pouso de emergência em base no Missouri
    Por que Coreia do Norte lança mísseis com frequência? Especialista russo revela 3 causas possíveis
    Tags:
    China, EUA, navio, destróier, Alasca, guerra, Guarda Costeira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar