21:15 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2336
    Nos siga no

    Pequim executou 20 exercícios navais simulando a ocupação de uma ilha durante a primeira metade deste ano, segundo o jornal South China Morning Post.

    Os militares chineses conduziram exercícios simulando a invasão e a tomada de uma ilha. Além disso, planejam conduzir novos exercícios "com fogo real", informa o jornal chinês.

    A Administração Marítima da China observou que estas manobras de "fogo real" provocarão o fechamento do tráfego no oeste da península de Leizhou.

    O jornal também indica que, na quarta-feira (8), foram realizadas outras simulações: uma unidade naval do Comando do Teatro Sul realizou um desembarque anfíbio em uma ilha no mar do Sul da China.

    Durante o treinamento, foram usados o navio anfíbio de transporte Wuzhishan, dois helicópteros, pelo menos um tanque e três lanchas de desembarque.

    De acordo com o especialista militar Song Zhongping, estas manobras mostram as intenções de retomar o controle perdido de algumas ilhas.

    "A capacidade de ocupar uma ilha mostrada no vídeo mostra que o Exército de Libertação Popular (ELP) da China realizou exercícios suficientes para obter a superioridade aérea e marítima, e esta capacidade de combate naval certamente será usada para recuperar o controle de algumas ilhas", concluiu.

    Mais:

    Pequim faz exercícios militares no mar do Sul da China em meio à chegada de porta-aviões britânico
    HMS Defender, que violou fronteira russa, estaria no mar do Sul da China apesar de avisos chineses
    Navio de guerra alemão dirige-se ao mar do Sul da China em meio à tensão do Ocidente com Pequim
    Tags:
    China, Mar do Sul da China, exercícios navais, exercícios militares, exercícios táticos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar