08:16 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1241
    Nos siga no

    Durante testes, drones de ataque russos comprovaram sua capacidade de atingir alvos terrestres com munições não guiadas a partir de alta altitude graças a um novo sistema de orientação, informou à Sputnik uma fonte no complexo militar-industrial.

    "Durante recentes testes, o drone de ataque russo Orion atingiu com impacto direto um alvo do tipo tanque com uma bomba não guiada de 100 kg a partir de uma altitude de quatro quilômetros. Tais indicadores correspondem às características de uma arma guiada de alta precisão e são garantidos por um novo sistema de mira e orientação", disse o interlocutor.

    A fonte acrescentou que o complexo de mira e orientação especialmente desenvolvido para drones Orion proporciona um desvio não superior a dez metros para bombas aéreas não guiadas lançadas de uma altura de vários quilômetros.

    Segundo explicou à Sputnik o especialista russo na esfera de sistemas não tripulados Denis Fedutinov, os sistemas de orientação e mira têm sido usados em aeronaves tripuladas para o uso eficiente de munições não guiadas. Trata-se particularmente do sistema Gefest, que demonstrou sua eficácia na Síria que é instalado em caças-bombardeiros Su-24M.

    Drone Orion
    Drone Orion
    "Observamos agora uma abordagem semelhante aplicada em sistemas aéreos não tripulados, sendo capaz de reduzir significativamente o custo dos ataques a alvos terrestres, mantendo níveis bastante elevados de precisão", notou o perito.

    O Orion pode permanecer no ar durante 24 horas, com uma carga de até 200 kg. Vários tipos de munições de 25 a 100 kg foram criados especialmente para este veículo aéreo não tripulado.

    A altitude máxima de voo é de 7.500 metros, atingindo a velocidade de 200 km/h. O drone é dirigido por um operador via canal de rádio, o alcance do sinal é de 250 quilômetros.

    Mais:

    Rússia testa drone submarino capaz de detectar e rastrear embarcações inimigas
    Caça Su-30SM da Rússia receberá tecnologias avançadas e novos mísseis guiados
    Força Aérea da China encontra maneira de pousar drone hipersônico, diz mídia
    Tags:
    munições, tecnologia militar, Rússia, drones, Orion
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar